De onde vieram os índios?

Esta é uma interessante questão a ser pensada. Estudos arqueológicos apontam para o fato de que os moradores de nossa terrabrasilis, no ano de 1500 já viviam por aqui há aproximadamente doze mil anos. Sim, todo este tempo.

Os habitantes do continente americano como um todo, são descendentes de populações advindas da Ásia, no entanto ainda não foi possível precisar a data da primeira leva migratória.

Os povos indígenas, que hoje vivem na América do Sul, são originários de povos caçadores que aqui se instalaram, vindos da América do Norte e ocuparam toda a extensão do continente há milhares de anos.

Estas populações desenvolveram diferentes formas de trabalhar com os recursos naturais, bem como formas diversas de organização social, cultural e religiosa.

No Brasil, o período desta ocupação está datada entre onze e doze mil anos, mas novas evidências encontradas nos sítios arqueológicos da Bahia e Piauí, indicam que estas datas devem ser ainda mais antigas.

Foram milhares de anos, onde paulatinamente, os nativos foram organizando a domesticação das plantas, de animais selvagens, de peixes. Milhares de anos para construir de forma inteligente as relações com a natureza e com as centenas de outros grupos (nações) que habitavam a extensa e rica região.

Por volta do ano 1000 dC os tupi-guaranis, nação que habitava a costa brasileira já praticavam regularmente a agricultura. Esta nação foi responsável por uma verdadeira revolução agrícola, simbolizada principalmente, na domesticação da mandioca, e na prática da agricultura. A diminuição do nomadismo colaborou para significativo aumento da densidade demográfica, de modo que, por volta de 1500, a terra posteriormente chamada Brasil podia contar com mais de um milhão de pessoas.

E foram estas pessoas que reberam os portugueses comandados pelo navegador chefe Pedro Ávares Cabral no dia 22 de abril de 1500. Não, não foram encontrados por acaso, como aprendemos na escola. A intenção de Cabral era ir para as Indias, mas no caminho, antes de seguir viagem, a pedido do rei de Portugal D. Manuel, a esquadra passou pela nova terra, que já havia sido visitada anteriormente por outros exploradores, para fazer contatos, marcar território, rezar uma missa e "otras cositas más".

Foi o primeiro dia do fim de Pindorama, a maravilhosa terra das palmeiras, onde como dizia o antropólogo Darcy Ribeiro o índio vivia numa "tranquila fruição da existência, num mundo dadivoso e numa sociedade solidária. "

"Nus na praia, o mundo era para eles era um luxo de viver com suas riquezas naturais e com a excelente disposição de seus corpos esplêndidos, para nadar, correr, caçar e lutar."

Aqui começa a história do Brasil, ao mesmo tempo em que começa a destruição dos verdadeiros donos da bela Pindorama.

Texto de Lidia de Oliveira Calisto