Turismo

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someonePrint this page

Se você vai para Lelivéldia tem que fazer passagem obrigatória em Diamantina, cidade histórica, que com quase três séculos de fundação, passando de povoado a arraial até chegar a município, Diamantina é uma cidade rica em história e tradições. Possui um patrimônio arquitetônico, cultural e natural rico e preservado.

Por volta de 1722, começou o surgimento do povoado, sempre seguindo as margens dos rios que eram garimpados. A partir de 1730, ainda com uma população flutuante, o Arraial do Tejuco foi se adensando. Por meio da expansão de pequenos arraiais ao longo dos cursos d’água em direção ao núcleo administrativo do Tejuco, foi se formando o conjunto urbano de Diamantina, tendo como primeiras vias a Rua do Burgalhau, Rua Espírito Santo e Beco das Beatas.

Atualmente, Diamantina é uma das cidades históricas mais conhecidas e visitadas do país. O casario colonial, de inspiração barroca; as edificações históricas; as igrejas seculares; a belíssima paisagem natural e uma forte tradição religiosa, folclórica e musical conferem uma singularidade especial à cidade.

Conhecer uma verdadeira “Folia de Reis”, uma procissão de dos cavalheiros, uma festa em homenagem ao santo da cidade…é só saber das datas da cultura (em Berilo), você pode também saber mais sobre turismo no site da cidade

Confira os principais pontos turísticos de Diamantina.

Artesanato em argila é em Turmalina, uma cidade rica em cultura, saiba mais no site da cidade, e se quiser ver as fiandeiras e o manuseio do tear, pare em Roça Grande.

Ou, quase em Lelivéldia, visite a Barragem Irapé.

Uma mochila nas costas…e vá descobrindo as riquezas que essa terra esconde…Tem muito mais…