Category Archives: Psicografia

01jul/20

Um digno Adeus, até breve

Tantos de nós sentimos a falta de um digno Adeus, até breve.

Tivemos acolhimento de nossos amigos, pois estávamos perdidos e sem direção.

Os tratamentos coletivos nos ajudaram a perceber auxiliadores e a possibilidade de seguir. Gratidão.

E saibam que muitos familiares foram beneficiados com o conforto da amorosidade que é emanada nos trabalhos de doação de energia ao bem maior.

Abraços amigos.

Até breve.

psicografia por Irene Tomin

01jul/20

O sentido deste momento

Os seres humanos pensavam ter tudo sobre controle em suas vidas e no planeta, estão vendo e sentindo como se tudo escorresse pelas mãos, esvaindo-se um fio de vida. Os mais atentos entenderam que não estavam vivendo, só orbitando o que chamavam de vida. E alguns de vocês estão corrigindo a rota que seria de colisão fatal. É possível que somados ao todo com o mesmo propósito haja uma fresta para a nova versão começar a interpenetrar as camadas de intensa densidade construída por todos. Sendo isto um objetivo vivo, ativo e real colocando e plantando a tríade individual para que se manifeste no coletivo, com certeza nos encontraremos caminhando em uníssono ao bem Maior. Saudações meus amigos pela perseverança. Não esqueçam de sua integridade para fazerem a diferença entre o meio em que vivem. Luz e bem a todos nesta noite.

por Irene Tomin

01jul/20

A pureza das crianças que despertam por este isolamento

A pureza das crianças que despertam por este isolamento (aprisionamento) trará beneficio aos pais despertos de amparo, disciplina e integração independente da distância. Os momentos de quietude e o nada fazer poderão construir seres mais concentrados. Será uma possibilidade. Brincar e usar a criatividade, reinventar será o maior exemplo que os pais educadores poderão fazer. Amém!

04fev/20

Psicografia – Tempo

O tempo urge

Estamos na corrida conta o tempo

Não dá tempo! Não dá tempo!

E por ai vão os questionamentos acerca do tal tempo.

Mas afinal o que é o tempo?

o tempo foi algo criado pelo homem para organizar-se.

No Plano Espiritual não há ontem…hoje…e amanhã…nem horas.

Há somente o momento presente.

Tanto é que para o espírito, podemos vivenciar, intervir, reinterpretar, rever: experiências de qualquer momento da vida de uma pessoa agora.

O tempo não deveria ser medido pela quantidade de horas, mas pela qualidade daquilo que fazemos num determinado período.

Tanto é que as vezes o momento vivido não condiz com o tempo cronológico.

Portanto, no que diz respeito as suas experiências não se preocupe com o tempo, mas com a qualidade daquilo que está sendo feito.

As vezes a experiencia vivida é tão intensa e você esteve realmente tão presente nela que a sensação de tempo fica totalmente diferente do “tempo do relógio”.

Não se preocupe se o dia te “X” ou “Y” horas….

Se organize e viva plenamente a experiência.

Como já disse com qualidade com presença.

De que adianta fazer mil coisas sem experienciá-las.

Há aqueles que passam pelo mundo fazendo muita coisa mas não deixam marcas e há aqueles que fazem uma coisa e deixam uma energia tão forte que a marca fica para sempre.

Então não se preocupe tanto com o tempo,

mas com a qualidade e empenho daquilo que você faz.

Psicografia – Stela Richter

07ago/19

Limite

Não há mais trégua, a humanidade já esgotou todos os créditos concedidos pelo Plano Divino.

A Grande Lei hoje aplica inexorável, rápida atingindo a todos de forma que não há mais apelação.

O sofrimento existencial hoje se tornou o fator primordial para o despertar da consciência ou a loucura total.

Não há mais meio termo, o tempo esgotou e as regras são explicitas: não aprendeu, reprovou.

A misericórdia Divina suspendeu temporariamente sua ação e a lei da justiça tomou seu lugar.

Ou o Ser se decide ou desiste!

A humanidade tomou o rumo errado e hoje, colhe os frutos na negligência em relação ao desenvolvimento interno.

O mundo se tornou um parque de diversão.

Consumismo diabólico.

As almas se venderam pelo poder e estão mergulhando nas trevas esquecidos de si e do propósito de existir.

Psicografia – por Ieda – 07/08/2019