Arvore

A beleza está em todo lugar

Basta abrirmos os olhos e a veremos por toda parte.

Eu sou uma árvore,

exuberante

Já me vistes tantas vezes por aí

Respirastes o ar que purifico

Comestes do fruto que produzo.

Após suas idas e vindas

Caminhadas e correrias

Aproveitastes a minha sombra para descansar.

Neste descanso

Nesta parada obrigatória,

Refletiu

– Talvez te pergunte: Como você surgiu?

O silêncio

A calma

– Talvez te pergunte: Como surgistes?

Uma pequena semente contém tanta grandeza

E é a causa de tanta beleza

Psicografia – 03/04/2019 – por Armando

 

 

Comente:

Deixe uma resposta